Site do Iepha reúne diversas informações sobre o patrimônio cultural de Minas Gerais

Detalhes dos bens materiais e imateriais estão no Guia dos Bens Tombados e também nos Cadernos do Patrimônio

Neste período de isolamento social, necessário para conter a disseminação do Coronavírus (Covid-19), o site do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) - www.iepha.mg.gov.br -  é uma fonte para conhecer melhor a história de Minas Gerais por meio do seu patrimônio cultural. Os bens culturais tombados e registrados, em diversas regiões do estado, possuem dados e valores que resultaram na proteção, como bens de caráter histórico, artístico, estético, simbólico, dentre outros.

No Guia de Bens Tombados e nos Cadernos do Patrimônio Cultural são encontrados textos e fotografias extraídos dos dossiês de cada bem cultural. Todos os volumes estão disponíveis para leitura e download no site.

Documentários produzidos pelo Instituto também podem ser acessados pelo portal. São vídeos com personagens importantes que ajudaram a construir e manter vivas as tradições culturais que fazem parte da memória de Minas Gerais e do seu povo. Os documentários que estão no site são os seguintes: Comunidade dos Arturos (2013); Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte (2013); Inventário Cultural de Proteção do Rio São Francisco (2015) Violas: o fazer e o tocar em Minas Gerais (2018); O quê do queijo (2018); Se me der licença – Iepha e Inhotim (2018).

Também continuam disponíveis no site do Iepha os formulários para cadastros do patrimônio cultural. Estão em andamento a pesquisa sobre a produção das Farinhas no estado e o estudo do Sistema Agrícola Tradicional (SAT) dos(as) Apanhadores(as) de Flores Sempre-Vivas. E, em breve, será aberto o cadastro para os Congados.os com personagens importantes que ajudaram a construir e manter vivas as tradições culturais que fazem parte da memória de Minas Gerais e do seu povo. Os documentários que estão no site são os seguintes: Comunidade dos Arturos (2013); Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte (2013); Inventário Cultural de Proteção do Rio São Francisco (2015) Violas: o fazer e o tocar em Minas Gerais (2018); O quê do queijo (2018); Se me der licença – Iepha e Inhotim (2018).

 

PUBLICAÇÕES

Guia dos Bens Tombados contém informações históricas e arquitetônicas sobre bens culturais tombados pelo Estado. O objetivo da publicação é valorizar e divulgar o patrimônio cultural protegido, tornando-o conhecido por todos. Trata-se de uma importante fonte de pesquisa para estudantes, arquitetos, historiadores, restauradores e demais interessados em conhecer a riqueza e a diversidade cultural de Minas Gerais.

Resultado de pesquisas do Iepha-MG, a coleção Cadernos do Patrimônio é um dos instrumentos utilizados pelo Instituto para divulgar e promover o patrimônio cultural do Estado de Minas Gerais. No site do Iepha estão disponíveis as seguintes edições: Inventário Cultural do Rio São Francisco; Comunidade dos Arturos; Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte; O modo de fazer o queijo artesanal da região do Serro de Minas Gerais e As Violas de Minas.

Já a Revista Óculo, em duas edições, promove discussões de temáticas contemporâneas sobre o patrimônio cultural. O primeiro número reúne textos divididos em quatro grandes temas: Urbanismo e significação do Patrimônio Cultural, Redes e Circuitos, Mídias alternativas e Circuitos de Cultura, Diversidade e Movimentos na Cidade.  A segunda edição propõe uma reflexão sobre as possiblidades e experiências em torno da Fazenda Boa Esperança, bem cultural de propriedade do Instituto localizado no município de Belo Vale.

 IEPHA APRESENTA INVENTÁRIO DO RIO SÃO FRANCISCO 2

Serviço: Divulgação do site do Iepha-MG

Endereço: www.iepha.mg.gov.br

Atendimento à imprensa: Leandro Henrique Cardoso | (31)99100-0292