Circuito Liberdade recebe a 13º Primavera dos Museus

Em Belo Horizonte, 36 museus participam da programação

O Instituto Brasileiro de Museus – Ibram promove anualmente a Primavera dos Museus, temporada cultural reunindo instituições museológicas e centros culturais de todo país. Com o tema “Museus por dentro, por dentro dos museus” a edição deste ano, que acontecerá entre 23 e 29 de setembro, propõe um fortalecimento da relação com o público a partir da ótica da preservação enquanto ato compartilhado entre o cidadão e o seu bem cultural. Também permite explorar os aspectos do cotidiano museológico aplicados aos diversos métodos aos quais as coleções/museus são submetidas no constante processo de formação, organização, conservação e exposição, para interação e fruição pelas pessoas ou grupos sociais. Muitas atividades planejadas por museus atenderam a essa proposta e inserem o público na prazerosa rotina de suas instituições, como mostrar os bastidores dos museus, protagonizar a construção de uma exposição, apresentar ao público escolar da rotina interna de um museu, conhecer o processo de criação curatorial, entre outras.

Evento consolidado no calendário nacional, a Primavera dos Museus conta, a cada edição, com uma média de 900 instituições museológicas e culturais em todo Brasil, número com grande potencial de crescimento. Nesta edição foram 2.673 eventos cadastrados em todo o país, em Belo Horizonte foram 36 instituições inscritas. Para ter acesso a programação completa do seu estado/cidade, basta acessar o site do Ibram, www.museus.gov.br

 

Primavera dos Museus no Circuito Liberdade

Os equipamentos que integram o Circuito Liberdade também participam da 13º Primavera dos Museus, integram a programação o Centro de Arte Popular, o Museu Mineiro, o Espaço do Conhecimento UFMG, o Centro Cultural Minas Tênis Clube, o Memorial Minas Gerais Vale, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, o Centro Cultural Banco do Brasil e a Casa Fiat.

O Centro de Arte Popular oferece, nos dias 21 e 22 de setembro, a visita guiada e prática “Arte popular, entre o eu e nós”, com o objetivo de preservar os saberes populares e despertar maior afetividade e reconhecimento do visitante. O público será convidado a compartilhar o seu olhar sobre a sua relação com a arte popular, através de uma contribuição artística no mural que ficará exposto na área acessível do espaço. Para a realização desta proposta, serão oferecidas mediações antes do início da atividade prática, nos dois dias, das 14hs às 17hs, para reflexões sobre a importância do papel de todos na valorização, manutenção e produção do conhecimento popular.

O Espaço do Conhecimento UFMG também realiza diversas atividades. Ação educativa, exibição na fachada digital e filmes, visita mediada, recreação, entre outras. A fachada digital exibe de 23 a 29 de setembro, das 19h às 20h, uma série de cinco vídeos sobre conceitos abordados na exposição permanente "Demasiado Humano", instigando a curiosidade de quem passa pela Praça da Liberdade. Conversa sobre produções, pesquisas e processos criativos sobre a mostra “Memória e Criação”, também acontecem no Espaço.

O Museu Mineiro abre as portas para o público conhecer o cotidiano de quem trabalha no espaço. Entre os dias 23 a 27 de setembro a ação OUTROS – “Por dentro do Museu Mineiro” apresenta os funcionários do museu pelas redes sociais em que relatam a relação afetiva com uma obra ou uma sala.

O Centro Cultural Minas Tênis Clube abrirá, para os visitantes, a sua Reserva Técnica, espaço de acesso restrito que abriga mais de 100 peças de indumentárias esportivas, exemplares de mobiliário no estilo art déco, do início dos anos 1940, tombados pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural de Belo Horizonte, fotografias, filmes e premiações. Também são oferecidas cinco visitas mediadas, nos dias 23, 25 e 27 de setembro, com duração de 1h30.

Em comemoração à Primavera dos Museus, o Setor Educativo do Memorial Minas Gerais Vale, oferece uma programação repleta de atividades ao público. No dia 29 de setembro, os visitantes estão convidados a participar de uma experiência reflexiva com a ação “Nos arredores do Memorial”, que propõe a discussão sobre república, identidade e cultura. O museu apresenta no dia 22 de setembro a oficina “Bebês dentro do museu: Barroco em notas pequenas” convidando crianças e seus familiares para vivenciar uma experiência sensorial e musical em uma viagem à história do Barroco Mineiro.

Para integrar as ações da 13ª Primavera dos Museus, o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal realiza, no dia 25 de setembro, o minicurso “História oral e subjetividades: oralidades, escutas sensíveis e afetos como ferramentas de reconhecimento e valorização de saberes imateriais” com Débora de Viveiros, consultora em Patrimônio Cultural.

Com ações educativas, o Centro Cultural Banco do Brasil traz a atividade “Processos Compartilhados” no dia 23 de setembro, para problematizar possíveis conexões que compõe uma cartografia afetiva entre aquilo que desejamos guardar e o modo como registramos e apresentamos a memória. Já no dia 25 de setembro, o museu realiza o curso “Linguagem Corporal na Comunicação e Cultura Surda” para professores e educadores numa abordagem dos temas transversais aos campos da educação e da arte, conectando questões e reflexões cotidianas.

A Casa Fiat realiza a ação educativa “Encontros com o Patrimônio” que aborda o conceito contemporâneo de Museu Fora do Museu, com diálogo sobre a influência italiana na arquitetura de Belo Horizonte. A atividade acontece dia 28 de setembro, das 10h às 12h.

Confira a programação completa dos museus em Belo Horizonte que participam do evento: http://bit.ly/primaveradosmuseusBH 

Em Minas Gerais são 58 museus participando da 13ª Primavera de Museus, a programação completa está disponível no site do Ibram pelo link http://programacao.museus.gov.br/