• 1966
     

    Convênio celebrado entre o governo do Estado de Minas Gerais e a Universidade Federal de Minas Gerais como objetivo de, entre outros, promover o desenvolvimento econômico e social em Minas Gerais.

  • 1967
     

    Criação do Centro de Processamento de Dados (Cepro), embrião da Prodemge.

  • 1968
     

    Instituição do Escritório Técnico de Racionalização Administrativa (Etra). Introdução do IBM 360/30 em tarefas burocráticas e manuais, como na área da contabilidade, folha de pagamento, controle da receita, estatísticas gerais e cadastros diversos.

  • 1972
     

    Sucessão do Etra pela Prodemge – Companhia de Processamento de Dados do Estado de Minas Gerais.

  • 1975
     

    Remodelagem do parque computacional da Prodemge, com instalação de computadores IBM 370, unidades de fitas magnéticas e discos removíveis. Adoção de equipamentos com monitores de vídeo que gravavam diretamente nas fitas magnéticas e diminuíram expressivamente o uso dos cartões perfurados.

  • 1978
     

    Inauguração do Centro de Processamento de Dados da Prodemge.

  • 1980
     

    Implantação de sistemas de armazenamento e catalogação de programas, abolindo o uso de cartões para a guarda dos programas-fonte.

    Início do uso de microcomputadores conectados ao grande porte, permitindo emulação de terminais e transferência de arquivos entre esses ambientes.

  • 1985
     

    Integração das regionais das secretarias de Segurança, Educação, Fazenda, Saúde e da Polícia Militar de Minas Gerais por meio de serviços on-line.

    Adoção da tecnologia de banco de dados.

  • 1990
     

    Inauguração da comunicação de dados via satélite.

  • 1994
     

    Conexão à internet – primeira empresa pública (fora do meio acadêmico) a concretizar experiências web.

  • 1995
     

    Parceria com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) para compartilhamento de uma rede de fibra ótica para transmissão de dados de alta velocidade.

  • 1997
     

    Implantação da Infovia-MG, que permitia acesso à internet a todas as redes de microcomputadores do Estado.

  • 2004
     

    Alteração do nome para Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais.

    Implantação da Prodemge como a Autoridade Certificadora do Estado de Minas Gerais, apta a emitir certificados digitais nos padrões estabelecidos pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

  • 2008
     

    Transformação do CPD Prodemge em um moderno Data Center.

  • 2009
     

    Criação, pelo Decreto 45.006, de 9/01/2009, da Rede IP Multisserviços.

  • 2010
     

    Mudança da sede da empresa para a Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves.

  • 2015
     

    Início da expansão do atendimento da certificação digital para os postos UAI do interior do estado.